Não quero mais American Apparel, quero TopShop.

Será que o povo de Londres sabe a SORTE que eles têm de ter uma TopShop? Da próxima vez que eu pensar “Eles se vestem tão bem…” vou lembrar que lá tem TopShop e que pra eles se vestir bem é fácil. Ódio mortal.

A Sanna, uma fofa de Londres que eu converso postou no blog dela a nova coleção da TopShop e eu fui ver, e bem copienta, vou colocar meus looks favoritos aqui também.

Fiquei tão orgulhosa dessa montagem. Tá bem explicadinha, pra que eu possa voltar aqui e ver direitinho as coisas que quero trazer pro meu guarda-roupa. De agora em diante vou tentar fazer todas assim.

A nova coleção vem dividida em 4 subcoleções, cada uma com um tema super-atual:

Wonderland é a coleção inspirada em Alice, e cartas de baralho. Muito brilho (que é tendência), nipes de baralho (que já é tendência faz um tempo) e vestidos curtos (sempre, sempre). Um pouco de inspiração numa coisa meio arlequim. (eu quis colocar fotos enormes por que achei bom isso)

A coleção BandStand tem aquela coisa militar masculina. Muita jaquetinha, alguns terninhos, tuxedos. Nada muito novo no sentido de uma tendência que está surgindo, mas tudo MUITO quero-já.

A Boudoir na minha opinião é a coleção mais tendencinhas, por que ela trás tudo que vai se usar no futuro (aqui para nós brasileiras atrasadas né…): Muita transparência e renda. É uma coleção toda romântica, em tons de rosa-antigo, sobrepondo vários tipos de tecido para quebrar um pouco a coisa “menininha” e fazer você lembrar que aquilo é pura moda. Essa coleção eu amei e quero inteira. E no fim, a coleção tras vinil (! dizem que vai pegar…Constanza musa estava usando um casacão de vinil esses dias, que eu achei ruim, mas claro, ela não deu ponto sem nó), corseletes e coisas mais pesadas, mas ao mesmo tempo femininas.

E pra finaliza, a Punk Couture, por que londrinos não podem ficar sem algo punk. Eu adoro, e se você quer me ganhar me dê algo punk. Hahahaha. São minhas raizes adolescente revoltz gritando. Essa coleção tras o velho e bom xadrez, que ainda não morreu (ainda bem, por que eu ainda nem aproveitei essa modinha), renda, renda, renda (eu tô viciada), e a tendêncinha de “coisas rasgadas” também, como a foto que ilustra a coleção.

 

 

E deixa só eu colocar minhas finanças em dia, que vou começar a comprar novamente! Fiquei com uma vontade de um casaco assim, rasgadão…

Anúncios

3 comentários sobre “Não quero mais American Apparel, quero TopShop.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s