Terrorzinhooo

Tá, estou numa vibezinha terror. Booohh, sustinhos são bons para esquecer dos sustos que a gente leva mesmo pela vida, sem nem precisar de musiquinha de suspense pra criar um clima.

Por isso, nada melhor que chamar a pessoa que mais entende de terror que eu conheço, o Júnior, que assiste toooodosss esses filmes que a gente vê por ai, em todasss versões possíveis, japonesas, mexicanas, que seja. Hoje ele vai falar do filme [REC], um filme espanhol que já foi regravado pelo cinema americano e vai se chamar Quarantine.

Sabem aquele filme de terror que você pula 200 vezes de susto e fica balançando a perna de nervoso pelo decorrer da história toda?
Pois é, fazia tempo que eu não via um filme tão bom assim…
[REC] é um filme espanhol, dirigido por Jaume Balagueró e Paco Plaza, que saiu na Espanha em Novembro de 2007. O hype mesmo só se deu quando “Cloverfield” saiu, em Janeiro passado, pois ambos os filmes foram feitos no estilo de filmagem amadora, tipo A Bruxa de Blair.
A história começa com uma repórter e um câmera man que vão cobrir uma matéria com os bombeiros e mostrar como eles trabalham no período noturno. Não muito tempo depois de chegarem eles recebem uma chamada para irem à um prédio, onde os moradores começaram a ouvir gritos histéricos vindos de um apartamento.
Quando os bombeiros chegam o caos começa, pois o Governo e a vigilância sanitária lacram o prédio, acusando que pode haver um grande risco de infecções contagiosas de alguém dentro do prédio…
Depois disso, só assistindo mesmo. Ao ler parece ser meio confuso, ou até mesmo “bobinho”, mas a história é MUITO bem feita, e é daqueles filmes que quando acaba você fica com cara de “NÃO PODE TER ACABADO AGORA, QUERO MAIS!” por ser bem curtinho, tendo só 75 minutos de duração.
[REC] começou a ser exibido em outros países agora. A estréia no Reino Unido foi em Abril, e nos EUA em Maio. E é claro que quando o fuá em torno do filme começou, os americanos correram e fizeram um remake, “Quarantine”, que vai sair em Outubro desse ano.
Até o momento, o original já ganhou 3 prêmios no Fantastic’Arts e 4 prêmios no Festival de Cine de Sitges 2007, incluindo melhor diretor e melhor atriz, para Manuela Velasco, que interpreta Angela Vidál, a repórter.
Pra dar água na boca, o trailler:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s